quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Dei um tempo mesmo ...

Dei um tempo esses dias.
Dei um tempo de mim mesma, de minha alma poética, de minhas filosofias, de minhas constantes análises sobre a vida, meus familiares, meus amigos e, mais rotineiramente, meus pensamentos. tentei, só por alguns dias não ser tão pensante, tão analista de mim mesma. É. mas não deu. No final o que me salva, bem ou mal, é escrever. até quando o que tenho a dizer é óbvio, ou pedante, ainda assim me sinto bem quando escrevo. um alívio para uma alma torturada e torturante. E tudo volta a ser como antes, tudo o que me aflige coloco aqui, uma forma de afirmar que ainda sou humana o suficiente para entender o que sinto, embora seja tola a ponto de ignorar minhas constatações dignas de mudanças.

Estou de volta com TUDO e TODOS ..
ficar sem escrever não vai adiantar muita coisa!

3 comentários:

  1. É isso aí Andreia, continue escrevendo!

    ResponderExcluir
  2. Isso amiga, Amoooo ler as coisas que você escreve!

    Te Amo ♥

    ResponderExcluir